As palavras de um funeral

No funeral do físico David Bohm, leu-se em voz alta:

O campo do finito é tudo aquilo que podemos ver, ouvir, tocar, recordar e descrever. Este campo é essencialmente aquele que é manifesto ou tangível.
A qualidade essencial do finito é, por contraste, a sua subtileza, a sua intangibilidade. Esta qualidade é expressa na palavra “espírito”, cujo significado etimológico é “vento ou fôlego”. Isto sugere uma energia invisível mas omnipresente, à qual responde o mundo manifesto do finito.
Esta energia, ou espírito, está embebida em todas as coisas vivas, e sem ela qualquer organismo é decomposto inevitavelmente nos seus elementos constituintes. Aquilo que está verdadeiramente vivo nos sistemas vivos é esta energia do espírito, a qual nunca nasce e nunca morre.

1

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *