O desejo de ser

O autoconhecimento, porém, rapidamente se pode transformar em autoinibição, à medida que cada nova observação é associada a um juizo de valor e a uma tentativa de reparar as nossas “faltas” e melhoras as nossas “virtudes”. Quando damos por ela, emaranhamo-nos sem apelo nem agravo numa luta com a nossa própria psique, despendendo horas e esforços infindáveis a tentarmos “transformar-nos na pessoa que achamos que deveríamos ser”.

3

Um comentário em “O desejo de ser”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *